Sydney, I Love You.


Voltei de Sidney há alguns dias e não poderia ter sido melhor!
Primeira vez fora da Terra Média pra mim e pra Nathan, sim ele nunca tinha saído daqui mesmo a Austrália estanbdo aqui do lado.
Posso dizer que os sete dias passados por lá foram regados a muuuito sol, boa comida, muita bebida gelada e gente muito bonita, digo linda!
Pegamos a balsa até Manly e no caminho pudemos conferir a famosa Sydney Opera House e a Sydney Harbour Bridge, cartões postais nacionais. Caminhamos na famosa Bondi Beach com seus salva-vidas igualmente famosos. Visitamos o Wild Life Centre (presente de Natal da Eli e Blair) cheio de espécies naturais da Austrália.
Nossa última noite em Sydney foi dedicada às artes. Finalmente Nathan realizou o sonho de assistir a um musical profissional, "Love Never Dies" que é a continuação de "O Fantasma da Ópera" com uma produção simplismente incrível.
Por fim andamos e andamos pela cidade, usamos trens todos os dias e descobrimos que mesmo na maior cidade australiana com 4 milhões de habitantes (mesma população que a NZ inteira) é muito fácil achar e encontrar tudo que queremos graças ao eficiente transporte público, sinalização e estrutura para turistas.
Meus momentos de ecstase foram o jantar no SubSolo, restaurante espanhol/portugues onde comi bolinhos de bacalhau, morcella, chorizo e churros com Nathan, Paula e Nick regado a vinho e cidra espanhóis.
E o longo almoço na churrascaria Brasa, típica churrascaria rodízio brasileira...preciso falar mais alguma coisa?
Por incrível que pareça eu achei Sydney muito parecida com São Paulo, o trânsito e o barulho são numa escala muito menor porém muito semelhante. As casas, principalmente no bairro onde ficamos (Newtown) me lembram os bairros tradicionais como Brás, Moóca, Bexiga e Bom Retiro, casinhas estreitas de fachada pequena, telhado de telhas e paredes de tijolos, sem garagem e com quase nenhum quintal, bem diferente daqui.
No ano 2000 Sydney recebeu os Jogos Olímpicos e na época reportagens no brasileiras comparavam os dois países dizendo que a Austrália foi o Brasil que "deu certo" pois o clima, a geografia e muitas outras coisas são semelhantes. Porém por lá tudo funciona bem melhor hehe.
O lado ruim dessa viagem além de ter que voltar pra casa? Baratas! Pela primeira vez vi baratas desde que saí do Brasil...elas amam o clima quente da Austrália e eu as odeio!


Kiwi Boy e a Opera House

Sydney Harbour Bridge

Bondi Beach

Kiwi Boy e Nathan em Bondi


Aborígene

Que bicho é esse? lol

Uma das coisas mais abraçáveis do mundo, que não pude abraçar :-(

Mão na cobra


Um pequeno exemplar de 5m de comprimento


Capitol Theatre antes do show.
 




Continue lendo → http://quaseumkiwi.blogspot.com