Página 5

LÍNGUA JAPONESA

Para quem não sabe, eu assino uma coluna na revista ALTERNATIVA, revista esta publicada no Japão, em português, e distribuída por todo o arquipélago. A coluna chama-se JAPONÊS MANEIRO e tem como objetivo principal incentivar os conterrâneos a aprenderem o idioma japonês e para quem já sabe, apresentar curiosidades e fatos que talvez não possam não ser aprendidos em sala de aula, mas que deixam o idioma tão vivo e tão interessante para quem já tem uma noção. Procuro dar dicas de ideogramas, pronúncia, provérbios etc. No post de hoje, você leitor do Muito Japão poderá conferir com exclusividade a coluna publicada na revista no Japão e que, infelizmente, não pode ser adquirida em território brasileiro. 

1. Engraçado como alguns verbos que normalmente aprendemos no básico de japonês, na vida real eles são usados de uma maneira que jamais um iniciante de japonês usaria. Veja o verbo "ireru" que aprendemos com o  sentido de "inserir", "por colocar dentro", como por exemplo, "inserir o cartão" no caixa eletrônico, "kaado wo ireru" . Na vida real, você pode usar com palavras como "telefone" ou "reserva", mais ou menos assim: "Quando você estiver saindo de casa, pode me dá uma ligadinha?", em japonês, "ie wo detara, denwa irete kureru?". Para "reserva", você também pode "inserir" como por exemplo: "toukyou no hoteru ni yoyaku wo ireru", ou seja, "fazer a reserva num hotel de Tóquio".

2.  Por falar em verbo, lembrei de outro verbo maneiro. Para você, qual seria a relação entre "nuvem" e "óculos". OK, a princípio pode não ser fácil respondersem pensar muito. Mas, e se eu disser que em japonês o verbo "embaçar" utiliza o mesmo  ideograma de "nuvem"? Este:曇. Não é maneiro? Portanto, se eu quero dizer que "meus óculos estão embaçados", eu posso dizer em japonês, "megane ga kumotteiru".

3. Você já ouviu a palavra Uターン (iu taan)? Pois bem, a princípo o que era para ser uma pequena denominação de uma manobra de 180 graus, passou a fazer parte do vocabulário de telejornais por exemplo quando anunciam a volta para casa de quem viajou no feriadão e está regressando. Neste caso, o fenômeno é mais conhecido em japonês como "iu taan rasshu". Fique atento no próximo Golden Week ou Obon! Com certeza, você vai ouvir.

4. Como que fala "fumacinha" em japonês? Pois é, já me perguntaram isso. Se eu não estivesse por dentro do contexto, eu talvez teria ensinado a palavra errada. A primeira palavra que me vem a cabeça para fumaça seria "kemuri"・煙 que é aquela que você vê em um incêncio, por exemplo. Mas a "fumacinha" a que a pessoa estava se referindo era aquela das águas termais, ou seja, de algo fervendo. Neste caso  palavra "fumaça" ou "fumacinha" como ela mesma disse seria "yuge"・湯気, que não por acaso pode ser usada para a fumacinha que sai de uma sopa ou de um café quente. 


Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

A COISA FICOU PRETA PARA BURGUER KING!

Sei que tem gente que a-do-ra - outros nem tanto - estes posts de sabores Muito Japão e, como faz muito tempo que já não apresento nenhum destes por aqui no blog, hoje trago uma promoção daquelas, claro que por "tempo limitado", pois os japoneses adoram também uma novidade esdrúxula por tempo limitado e, que está atualmente, podemos encontrar nos restaurantes da rede Burguer King no Japão! Não vou explicar muito, basta olhar!


Não é à toa que o tema da campanha é  "Sem Senso Comum". 



Outra pergunta que não quer calar é de onde e como eles fizeram a coisa ficar preta. Para resumir, só digo que os maiores responsáveis pela coloração negra da maior parte dos ingredientes foram a tinta de lula e o carvão em pó. Tinta de Lula é muito usada no Japão, conhecida em japonês como イカ墨・IKASUMI e é utilizada em diversos pratos, inclusive nos de macarrão, facilmente identificados pela cor preta dos fios. Isso significa dizer que no Japão, ver macarrão preto assim como na foto abaixo, não é novidade alguma e todo japonês sabe que se trata de uma comida feita com tinta de lula. Mas e o carvão em pó? E desde quando carvão se come?


Carvão em pó, e claro, comestível, é o que eles juram estar entre os ingredientes desta iguaria fastfoodiana. Mas espere! Não saia por aí dizendo que viu no Globo Repórter ou no Discovery que "no Japão eles comem carvão na boa" e que "lá eles têm até hambúrguer com carvão". Até tem, mas carvão é pó ainda é uma novidade até mesmo para a maioria dos próprios japoneses. Não é uma coisa que todoas saibam que existe e todos consomem no dia a dia nipônico. Encontramos apenas algumas poucas páginas em japonês que falam sobre o tal do "carvão comestível" e juram que é bom para a saúde. Mas atenção! Não encontrei em nenhum lugar que diga que além do churrasco, você pode raspar o carvão da churrasqueira com uma colher e "aproveitar" tudo na sua churrascada. Não! Deve haver algum processamento, nível de aquecimento, sei lá, mas deve haver algo que o diferencie dos demais. Mas este não é o foco do post. De qualquer maneira, fica a dica para quem quiser se aventurar nos novos sanduíches negros do BK. Deve ser gosto, porque como diz o próprio slogan da campanha, mais do que a aparência, eles deram mais preferência ao gosto! É o que dizem eles...

Se você já experimentou, conte pra gente! Esperamos o seu comentário!

Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

CAIXA DE ENTRADA #02








Continue lendo → http://crazyjapantv.blogspot.com

MUITO JAPÃO TAMBÉM NO TWITTER !



Como seguidor do twitter do Muito Japão, você fica sabendo das atualizações do blog, além de tópicos exclusivos como :

PALAVRA DO DIA ! ...com palavras úteis, outras nem tanto, mas que de qualquer forma são interessantes para saber! São palavras que normalmente não aparecem nos livros didáticos - o que não significa que sejam palavrões ! - mas que de qualquer forma é legal saber como se diz em japonês!


MUITO JAPÃO É...  neste tema, procuro abordar aspectos da cultura japonesa que são realmente Muito Japão! Por se tratar de twitter, são tópicos curtos, mas que revelam características ou mesmo elementos culturais que a gente só vê aqui!...até onde pelo menos eu saiba...


ATUALIZAÇÕES... e claro,  anúncio sobre atualizações do blog! Com direito a link reduzido para que você possa acessar o post diretamente!!


Para seguir o MUITO JAPÃO pelo TWITTER e ter acesso a estas informações EXCLUSIVAS, clique no ícone do Twitter (azul) que você vê no canto da tela! Já são MAIS DE 1.300 SEGUIDORES!! Aproveito para agradecer a você que já é seguidor! MUITO OBRIGADO!

Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

SAPPORO – PRIMEIRAS IMPRESSÕES !



Olá,

Para ser sincera eu não esperava muito dessa minha viagem à Sapporo, mas vou contar à vocês, meus amigos/as, a cidade me surpreendeu!

Sapporo (em japonês se escreve assim 札幌 ), é a capital da ilha de Hokkaido e a quarta maior cidade do Japão em números populacionais. Ficou bem conhecida por sediar os Jogos Olímpicos de Inverno em 1972, o primeiro a ser realizado na Ásia. Em fevereiro, acontece o principal evento da cidade, o Sapporo Snow Festival que atrai mais de 2 milhões de turistas do mundo todo, todos curiosos para ver as imensas esculturas de gelo! 




Outro ponto atrativo de Sapporo são suas pistas para a prática de esqui. Por estar localizado no extremo norte do Japão, o inverno é muito rigoroso. A primeira neve acontece logo em outubro e em dezembro a cidade já está completamente branca! Chega a acumular até 600 centímetros (média anual). Às vezes, fico pensando como conseguem viver assim? Mas, a remoção é tão eficiente que o impacto chega a ser mínimo na vida dos 1,9 milhões habitantes. Por outro lado, não chegam a sofrer tanto, como nós, durante o verão quando a média da temperatura é de apenas 20 graus.




Fomos de avião pela Jet Star e a viagem dura cerca de 1 hora e meia. Muitos viajantes optam por ir de trem. Nesse caso pegue o JR Tohoku Shinkansen de Tokyo à Aomori Shin-Station. Depois, pegue a JR Hakucho Expresso Limitado para Hakodate. Finalmente, a JR Hokuto Limitado Express para Sapporo. A viagem só de ida custa cerca de ¥ 24.000 (as passagens de avião custaram em torno de ¥8.000 por trecho) e leva aproximadamente dez horas. É coberto pelo Japan Rail Pass.

O que mais me chamou a atenção? Primeiramente, a cidade. Super moderna, com ruas largas, avenidas espaçosas e prédios em estilos ocidentais. Alguns edifícios surpreendentemente altos. Pensei que veria uma cidade, digamos, menos moderna. 




Em segundo lugar, a gastronomia! Prepare-se para comer e muito! Assim como Okinawa, Hokkaido tem produtos que só vemos por lá. É uma grande produtora de trigo, batata, milho, cebola, melão além de ser bastante conhecida pela qualidade de seus frutos do mar. A região também é responsável pela produção de cerca de 60% ​​do leite do país, onde uma parte é usada para beber, enquanto o restante é transformado em produtos lácteos, como manteiga, queijo, iogurte e sorvete. Alguns pratos típicos da região são o rámen e o Genghis Khan (um prato que consiste de carne - geralmente de carneiro - e legumes cozidos). 







Além de boa comida, ainda tem boa bebida! Quem ai gosta de cerveja? Sapporo é o berço de uma das marcas de cerveja mais populares do Japão e mantém um museu na região. Claro, fomos conhecer!

Em terceiro lugar, as pessoas! Sempre simpáticas, animadas, prontas a te oferecer ajuda e tentando falar inglês (mesmo você dizendo que fala japonês)! Sim, notei uma diferença entre os japoneses que vivem em Tokyo, por exemplo. 

Fiquei triste porque como já estávamos no finalzinho do verão, não consegui pegar os campos floridos e alguns lugares que gostaríamos de visitar. Uma dica ... reserve tempo! Muitos pontos turísticos ficam bem distantes de Sapporo, acessível apenas de trem ou carro.

Fiquei impressionada e certamente é um dos lugares no Japão que pretendo visitar mais uma vez. E na próxima semana, não perca o post com os principais pontos turísticos de Sapporo!


Até mais!
Thais Fioruci


Referências:
http://www.welcome.city.sapporo.jp/?lang=en
 

Continue lendo → http://perdidanojapao.blogspot.com