Página 4

CARNAVAL NO JAPÃO

SIM! Tem carnaval no Japão. E digo mais! Desde de 1981! Desde essa época é realizado o desfile de carnaval em Asakusa, um dos bairros mais tradicionais de Tóquio! Este ano, o desfile será este mês, no dia 23 de agosto! A parte Muito Japão da história, acho que fica para o excesso de seriedade ou não sei se seria a falta de algo bem brasileiro, uma diversão mais contagiante, uma alegria mais conjunta, não sei exatamente o quê, mas se você espera ver um desfile estilo sapucaí, esquece! Claro! É outro país, outra cultura, outro gingado. Não estou dizendo que é ruim! É diferente. Mesmo com a presença de muitos japoneses que já conhecem bem o Brasil, de japoneses que sambam, cantam e tocam muito bem instrumentos típicos do nosso carnaval, de vermos bandeiras brasileiras, de terem brasileiros infiltrados, mesmo assim, é diferente.




E é justamente nesse ponto que os brasileiros se destacam no festival. As passistas brasileiras simplesmente arrasam! Não que as japonesas não saibam sambar ou cantar. Não é isso! Mas basta uma passista brasileira aparecer no desfile que os fotógrafos amadores de plantão iniciam seus trabalhos! De resto, ficam só vendo "a banda passar". Quando na verdade o que eles quererm mesmo e ver "uma bunda passar"! Volto a dizer. Não que as japonesas não sambem bem. Mas acho que é mais ou menos como uma loira linda, gostosa, vestindo yukata e dois hashis enfiados no cabelo na frente de um restaurante japonês no Brasil. Deu pra entender? Lembro que me choquei também com a cena de um policial exigindo que um pai descesse o filho que estava em seu ombro para poder ver melhor o desfile. Parecia que o pai estava, sei lá, fumando maconha em meio à multidão. Fora que é muita, muita gente! O desfile é na rua mesmo que é fechada durante o desfile  - e aberta quase que minutos depois do último passista cruzar a avenida genérica. Portanto, não há lugar para sentar. Para ver alguma coisa, ou você chega cedo, bem cedo mesmo, ou vai ver apenas flashes do desfile, por entre as pessoas que se aglomeram nas bordas da rua. E se você é uma pessoa baixa, esquece! Não verá praticamente nada. O macete é ir para as pontas, ou seja, ou onde os grupos saem ou onde seria, digamos, área da dispersão. Mas acho que não há nada mais Muito Japão do que o cartaz da propaganda do evento que todo ano eles divulgam no Japão, principalmente, se analisados com olhos, bem brasileiros, olhos de quem se acostumou com uma Globeleza como símbolo do Carnaval ou, eu diria, com olhos de todo gringo - alemães ou italianos talvez mais - que vêem nosso carnaval. 



Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

PROFICIÊNCIA EM ESCRITA JAPONESA

Para quem não sabe, além da Prova de Proficiência em Língua Japonesa (JLPT, na sigla em inglês) já comentada aqui no blog (se não viu, clique AQUI), há também uma outra prova que mede o conhecimento de ideogramas usados na escrita da língua japonesa. É a Prova de Proficiência em Ideogramas, em japonês, 日本漢字能力検定・NIPPON KANJI NOURYOKU KENTEI ou 漢検・KANKEN, para os íntimos. Este ano no Brasil a prova será realizada no próximo dia 26 de outubro. Mais informações sobre locais de inscrição e da realização da prova, procure a instituição japonesa mais próxima de você. No Rio de Janeiro a prova será realizada no Instituto Cultural Brasil-Japão e as inscrições se iniciarão EM BREVE.

PROPAGANDA・広告

Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

TOKYO – UM ROTEIRO BÁSICO E FÁCIL PELA CAPITAL



Olá,

Vai visitar Tokyo e não sabe nem por onde começar? Seu tempo também é curto, não entende nada de japonês e ainda tem medo de se perder pelas linhas de trens e metrôs dessa cidade gigante? Muita calma nessa hora! Vou dar uma dica de um roteiro básico e fácil para quem se encontra nessa situação.

Recebo muitos emails assim e a sugestão que dou: comece seu passeio pela Yamanote Line! Super prática, fácil e abrange os principais bairros turísticos da cidade!
A Linha Yamanote (em japonês 山手線 e lemos Yamanote sen), operada pela East Japan Railway Company (JR East), é uma das mais importantes linhas de trens de Tokyo. É uma linha circular com 34,5 km que conecta os principais centros da cidade com partidas a cada dois ou quatro minutos. Atende mais de três milhões e meio de passageiros por dia e uma viagem completa leva aproximadamente uma hora. Ao total são 29 estações e a maior parte delas faz interligações com outras linhas de trens e metrôs, permitindo aos turistas o acesso fácil e rápido à outros pontos turísticos. O seu horário de funcionamento é das 4h26min às 01h18min do dia seguinte.  

Os principais pontos turísticos de Tokyo atendidos pela linha Yamanote são: Shinjuku, Yoyogi, Harajuku, Shibuya, Sugamo, Ebisu, Meguro, Gotanda, Tokyo, Shimbashi, Yurakucho, Akihabara, Ueno, Shin Okubo e Ikebukuro. Se quiser saber o que tem de interessante nesses lugares, tem post aqui no blog sobre cada um deles! 


Fonte: Sakura House



Não se preocupe se você não fala em japonês! Todas as estações, como a maioria dos trens em Tokyo, são anunciadas em inglês e as telas que anunciam as estações também utilizam letras romanas.

Agora que você já sabe onde poderá visitar apenas pegando a linha Yamanote, mãos à obra e um ótimo roteiro pra você!

Abraços,
Thais Fioruci



Referências:



Continue lendo → http://perdidanojapao.blogspot.com

Museu de Cera Madame Tussauds Hong Kong

Estava ansiosa para visitar o museu de figuras em cera mais famoso do mundo, sempre tive curiosidade em ver de perto as estátuas das celebridades. E apesar de ter um aqui no Japão, em Tokyo, a oportunidade só veio agora com a viagem para Hong Kong. Andar em Hong Kong não é difícil, a linha […]

Continue lendo → http://alquimiadoviajante.com

PAIXÃO POR INSETOS


Sempre me admirei ou melhor, sempre achei estranho, como as crianças japonesas gostam tanto de insetos. Mas quando digo "insetos", eu não destou falando de "joaninhas" ou "vagalumes". São bichos sinistros, pretos, nojentos e que podem até arrancar dedos! E no verão, essa paixão da garotada, parece que aumenta. Claro, até porque a atividade dos insetos aumenta e as chances de as crianças brincarem na rua, no mato, em parques com jardins são bem maiores no verão. Além de estampas de camisas com insetos, brinquedos e quebra-cabeças do gênero, o cúmulo foi descobrir uma espécie de kit-pega-inseto que inclui rede para capturar os bichos - como aquelas de caçar borboletas - , caixas de acrílicos (foto abaixo) para mantê-los em casa e até geleias que servem como alimento para esses bichos.
Imaginem que todos estes artigos são vendidos não somente em lojas estilo petshops, mas são normalmente dentro de um shopping em uma loja como uma Lojas Americanas da vida! Até o Rakuten do Japão está repleto de artigos do gênero! 

O preferido da nipogarota é o tal do "kabuto mushi", que em português, eu confesso que nem sabia que tinha esse nome, mas segundo o site wikipédia, o inseto em questão se chama "Besouro-Rinoceronte". Enfim, o que importa é que ele é praticamente a galinha pintadinha de preto para os mininipônicos que veneram e vibram quando vêem uma espécie viva em uma loja ou em uma caixa de acrílico, como esta que mencionei anteriormente. Se para nós, brasileiros, uma criança com uma joaninha ou uma abelha estampada na camisa não tem nada de extraordinário, para os japoneses, um menino com uma camisa estampada com besouro-rinoceronte preto com "chifre" e formas bizarras, igualmente, não chama a menor atenção. Aliás, pelo contrário, pode até virar objeto de desejo e muito provavelmente deve despertar um pequeno sentimento de inveja entre os nipocoleguinhas. É realmente impressionante a quantidade de produtos relacionados a este hobby que a princípio pode até parecer nojento, mas se pararmos para pensar, é o mesmo que criar um hamster em uma gaiola. Não de minha parte! Mas pelo menos é assim que o comércio passa essa ideia e é assim que os nipominicriadores de insetos sentem.  

NA CONTRAMÃO

Mas esta semana li um artigo muito interessante e que acho que desmistificou um pouco, pelo menos para mim, essa paixão dos japoneses por insetos. Sim, porque eu achava que era todo menino japonês que gostava de insetos que mais tarde, tornariam-se pais e esses pais incentivariam seus filhos a comprar kits e acessórios para criar os mesmos insetos que eles gostavam de criar no passado. Mas não! O artigo, publicado na revista japonesa R25, apresenta um ranking dos 10 insetos que os homens japoneses mais detestam! Na tradução do ranking, você confere quais são os insetos que os japoneses, quando adultos, não querem saber de ir atrás e criar em casa a base de geleias...(risos).

RANKING・ランキング

1. BARATA
2. CENTOPEIA
3. LARVA
4. ARANHA
4. CENTOPEIA ANAMÓRFICA
5. LAGARTA PELUDA
6. ÁCARO, PIOLHO, PULGA
7. PERCEVEJO
8. MOSQUITO
8. MARIPOSA
9. MOSCA
10. LAGARTA VERDE


JAPONÊS・日本語

夏、真っ盛り! 虫、真っ盛り! ムシムシした日が続きただでさえ不快だというのに、さらにイヤな気持ちにさせるのが、夏になるとやたら目につく不快な虫。こりゃあムシできない…と、そろそろこちらも害虫並みにうっとうしがられそうなので本題に入りましょう。特に「生理的に受け付けられない!」と感じているムシはなんなのでしょうか? 20~30代の社会人男性200人に聞いてみました。

1位 ゴキブリ 395
2位 ムカデ 161
3位 ウジ虫 128
4位 クモ 73
4位 ゲジゲジ 73
5位 毛虫 58
6位 ダニ、シラミ、ノミ 56
7位 カメムシ 53
8位 カ 38
8位 ガ 38
9位 ハエ 31
10位 芋虫 29


No vídeo abaixo, você poderá conferir que o assunto é até notícia de telejornal. A matéria fala sobre a iniciativa de um hotel em Tóquio que deixa a disposição dos visitantes besouros-rinocerontes para serem capturados. A ideia é proporcionar à criança principalmente, a alegria de capturar um bicho desses em plena natureza, o que nem sempre é fácil. Resumindo: é uma espécie de pesque e pague versão insetos. 



Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com