Página 4

Ngong Ping 360 e o Buda Gigante

As últimas semanas tem sido muito agitadas e infelizmente não tive tempo de vir aqui para atualizar, ainda mais agora com a Copa e o Brasil na semi final! Mas finalmente consegui um tempinho para dar continuidade à série prometida sobre Hong Kong, rs. Fico animada em falar sobre este lugar pois voltei com ótimas opiniões […]

Continue lendo → http://alquimiadoviajante.com

KIYOMIZUDERA – O TEMPLO DA ÁGUA PURA



Olá,

De passagem por Kyoto, resolvi dar uma esticadinha no templo Kiyomizudera (em japonês se escreve assim 清水寺, cujo significado é "Templo da Água Pura"). Essa já é minha terceira vez na cidade, mas nunca sobrava tempo para vir até aqui. 



Portão de entrada


Construído em uma colina arborizada com 13 metros acima da encosta, o Kiyomizudera foi fundado em 780, próximo da cachoeira Otowa, daí a origem de seu nome. Originalmente associado à seita Hosso, uma das escolas mais antigas do budismo japonês, acabou formando sua própria seita, a Kita Hosso, em 1965. Em 1994, o templo foi considerado Patrimônio Mundial da UNESCO e é um dos principais pontos turísticos de Kyoto! Sempre lotado, principalmente na temporada das cerejeiras, é muito freqüentado por turistas estrangeiros, japoneses de outras regiões do país e excursões escolares.


O salão principal juntamente com o palco foram erguidos sem a utilização de pregos.


O que mais achei interessante foi o Santuário Jishu, dedicado à divindade do amor. Lá estão duas pedras com 18 metros de distância entre elas. Dizem que se você conseguir ir de uma pedra à outra de olhos fechados, terá sorte em encontrar seu grande amor. Quem preferir, pode pedir uma ajudinha à um amigo para guiá-lo o que significa que será necessário um intermediário para ter sucesso em sua vida amorosa. Muito engraçado assistir as pessoas, de olhos vendados, tentando cumprir a tal profecia. 



Pedra do amor, será?


A Cachoeira Otowa, localizada na base do Kiyomizudera é outro ponto bastante concorrido. A água cai em três “bicas” separadas e cada uma delas proporcionam um beneficio diferente: longevidade, sucesso escolar e felicidade na vida amorosa. No entanto, diz a crença popular que beber das três bicas é considerado ganância, portanto escolha apenas uma e torça para que seu pedido seja atendido.


É tão concorrido que os visitantes formam filas!




Para chegar até o Kiyomizudera, é necessário cruzar as ruas do distrito de Higashiyama, uma atração à parte. Abarrotadas de turistas e muitas pessoas vestindo kimonos,abriga lojas com diversos souvenirs, restaurantes e especialidades locais. 




Infelizmente, nove edifícios estão sendo reformados o que tira um pouco da beleza do lugar. Entendo que melhorias são necessárias, ainda mais para a conservação de um prédio tão antigo, mas me senti um pouco frustrada. Mesmo assim, gostei muito do passeio, principalmente da vista! 

Se apaixonou por esse lugar? Confirma mais no video:


 

Abraços
Thais Fioruci



INFORMAÇÕES:

Horário: das 6h às 18h
Fechado: No dia do encerramento
Admissão: 300 ienes

Primavera e Outono de iluminação

Horário: das 18h30min às 21h30min (meados de março a meados de Abril e meados de novembro e início de dezembro)
Admissão:400 ienes

Como chegar: Pegar ônibus número 100 ou 206 (15 minutos, ¥ 230) a partir da estação de Kyoto. Desça em Kiyomizu-michi, de onde fica a dez minutos de subida para o templo.



Continue lendo → http://perdidanojapao.blogspot.com

PÃO-BRASIL

OK. Sabemos que no Japão, pipocaram produtos relacionados à Copa do Mundo, ou melhor, relacionados ao Brasil, principalmente. Bom, quando eu digo "relacionados", eu digo "produtos que por puro marketing e motivações capitalistas", resolveram pegar uma carona na Copa do Mundo no Brasil e usaram as cores verde e amarelo em seus produtos para lucrar um pouco mais. Vimos café, chocolate e até o tradicional miojão japonês entrou nessa onda. Também sabemos da quase tara dos marketeiros nipônicos por lançar produtos com sabores que vão desde o "argh-que-nojo", passando pelo "sabor-o-quê:?!" e indo até o "nossa-até-que-combina!".  Agora junte tudo isso e veja no que vai dar, aliás, no que já deu!








PÃO DE FEIJOADA! Isso mesmo que você leu! Quer que eu escreva de novo? PÃO DE FEIJOADA! Bom, nada de extraordinário se considerarmos que no Japão existe pão com recheio de yakisoba. Não é mentira! Daí para feijoada é um pulo, aliás um salto triplo! Mas espere! Não ligue agora! O melhor é o que tem dentro do pão! UMA SALSICHA! Não. Não me pergunte porquê! Mais está escrito que tem uma salsicha dentro! E mais! ...um molho com feijão levemente picante e um molho de queijo (?). Anotou aí a receita para a próxima feijoada? Então anote: pão, feijão, uma salsicha e molho de queijo. O mais perigoso é que na embalagem tem uma explicação correta do que é uma feijoada. Meu medo é os japoneses acharem que o que eles chamam de "prato representativo do Brasil", conforme está escrito, além do "feijão" e da "carne", contenha também salsicha e queijo. Mas ESPERE! Parece que tem coisa pior (?) no mercado.

Foto: Mega Brasil

Bom, se é pior ou não, eu não saberia definir, mas a verdade é que outro fabricante de pão  resolveu entrar no carnaval de produtos com as cores do Brasil e lançou no mês passado o sanduíche de "churrasco com moqueca". Repetindo: churrasco com moqueca! Também não me perguntem o sabor porque mesmo que eu encontrasse, eu não me arriscaria em experimentar. Prefiro me ir no sanduíche de yakisoba com maionese ou até mesmo em outro com recheio de okonamiyaki, ambos do mesmo fabricante. Churrasco com moqueca.  A carne de boi, cara como é no Japão, deve ter passado em alta velocidade para ir atrás do peixe que deve ter saído na frente e de trem-bala. Mas enfim, foi lançado e está à venda no Japão. Só não sabemos até quando. Se dependesse de mim, já tava fora dessa "copa".

Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

QUIZ MUITO JAPÃO! QUE EVENTO É ESTE?

QUIZ MUITO JAPÃO! 

QUE EVENTO É ESTE?



(A) PROPAGANDA DE NOVO PROGRAMA INFANTIL NA TV JAPONESA
(B) INAUGURAÇÃO DE PARQUE TEMÁTICO PARA CRIANÇAS
(C) ESTREIA DE DESENHO ANIMADO COM NOVOS PERSONAGENS
(D) CAMPANHA CONTRA TRABALHO ILEGAL
(E)  ELEIÇÃO DO NOVO MASCOTE DA POLÍCIA

PARTICIPE! Vote na coluna ao lado! O resultado, você confere em breve aqui no blog!


Continue lendo → http://muitojapao2.blogspot.com

OS CARROS DO JAPÃO E SEUS SIMBOLOS!



Olá,

Se você mora ou já morou no Japão, certamente deve ter se perguntado o que são aqueles símbolos estranhos fixados em alguns automóveis. Eu também já me peguei nessa dúvida e sabia que era para especificar algo, mas o que? “Bora pesquisar”!

Introduzidos em 1972, os Untensha Maaku (em japonês se escreve assim運転者マーク) são utilizados para identificar o perfil do condutor e assim evitar possíveis acidentes. Existe uma preocupação muito grande por aqui para proteger às pessoas, sendo elas condutores, pedestres ou ciclistas. Sua utilização é obrigatória e caso desobedeça a lei, você pode levar uma multa e perder pontos na habilitação.

Cada símbolo tem um significado diferente e especifica um tipo de motorista:

> Novato

Esse símbolo identifica os motoristas com menos de um ano de carteira de habilitação. Em japonês se fala Shoshinsha Maaku (se escreve assim初心者マーク ) ou Wakaba Maaku( 若葉マーク). O descumprimento dessa regra pode gerar multa de ¥ 14.000 e desconto de 1 ponto na carteira.

 
Esse símbolo representa a juventude



> Idoso

Esses dois símbolos identificam os motoristas com idade acima de 70 anos. Foram introduzidos em 1997, porém a partir de 2008, tornaram obrigatórios para motoristas acima de 75 anos. Caso desobedeça, multa de ¥ 6.000 e 1 ponto a menos na sua habilitação. Em japonês se fala Fukushi Maaku ou Koreisha Maaku (高齢者マーク).


Representa um trevo de quatro folhas, formando um S de “Senior”



> Deficiente físico

Implantada em 2009, identifica motoristas com deficiência física, embora há quem utilize o tradicional símbolo com uma cadeira de rodas. Em japonês se fala Shintai Maaku (身体障害者マーク) ou Kuroba Maaku(クローバーマーク).




> Deficiente auditivo

Implantado em 2009, esse adesivo com um desenho de borboleta nas cores verde e amarelo identifica deficientes auditivos ao volante. O símbolo internacional de deficiência auditiva com uma orelha também pode ser utilizado. Em japonês se fala Tyoukaku Maaku (em japonês se escreve assim聴覚障害者マーク).
 
O mais legal é que esses símbolos são plaquinhas magnéticas que podem ser facilmente compradas em qualquer Hyakuen Shop e fixadas na traseira do veiculo. 






Apesar de saber que muitas pessoas não utilizam, por vergonha ou porque esquecem de colocar, foi uma ótima ideia do governo japonês. É uma forma de evitar acidentes e conseqüentemente mortes no trânsito. Quem já tirou carta e dirige em São Paulo, sabe o terror que os principiantes passam! Às vezes, o próprio medo e a pressão de outros motoristas mais “desesperados” fazem com que muitas pessoas entrem em pânico e desistem de dirigir.

Na minha opinião, o Brasil também poderia adotar essa regra. E você? O que acha? deixe sua opinião nos comentários!

Até mais,
Thais Fioruci


Referências:








Continue lendo → http://perdidanojapao.blogspot.com