Trabalho de enfermagem no Canadá

Está se formando, ou já é formado em enfermagem e quer trabalhar no Canadá? Ouviu dizer que o Canadá está precisando de enfermeiros? Quer saber se precisa validar seu diploma para trabalhar como enfermeiro no Canadá?

Tenho recebido inúmeros emails de pessoas se formando em enfermagem, especialmente técnicos em enfermagem, querendo ir trabalhar no Canadá.

Na maioria dos casos as pessoas querem sair do Brasil e já chegar no Canadá com trabalho na área.

Bom, infelizmente esse artigo vai servir para colocar os pés no chão de muitos de vocês.

Trabalhar como enfermeiro(a) é uma profissão da área de saúde, que portanto, envolve risco de vida dos pacientes, e que por isso, requer uma validação de seu diploma pelos órgão canadenses (vide o artigo http://www.rafacanada.com.br/como-legalizar-diploma-canada/ sobre como validar o diploma).

Mais importante que isso, é preciso também ter em mente que, para trabalhar em qualquer área de nível superior no Canadá é preciso ter inglês ou francês fluente, isso se não for preciso ambos.

O governo de Quebec tem feito muitas propagandas sobre seus processos de imigração para a província de Quebec, para pessoas com formação técnica em enfermagem, mas está faltando informar o que é preciso para que as pessoas realmente cheguem a trabalhar nessa área quando estiverem lá.

Pois bem, o governo de Quebec está sim incentivando bastante a imigração para a província e uma das profissões que está com grande demanda de profissionais é realmente nursing, porém, para que as pessoas possam trabalhar, é preciso, como já disse acima, ter ao menos uma das línguas do país como fluente (mais especificamente sobre Quebec, seria o francês, que é a língua predominante na província, e, se for na cidade de Montreal, teria que saber francês fluente e inglês avançado).

Como todos podem ver, é por isso que eles estão com carência de profissionais, pois não é fácil encontrar pessoas aptas a exercer a função lá. Isso não significa que as pessoas devam desistir de imigrar para lá por conta das dificuldades, mas sim que é preciso saber quais são essas dificuldades.

Quando se imigra para um país novo, a vida praticamente começa do ZERO. Claro que existem as exceções, mas é assim que funciona para a maioria das pessoas.

Mesmo você sendo formado, isso é apenas a sua porta de entrada para o processo. Processo esse que vai muito mais além do que simplesmente ser aceito para imigrar.

Quando o imigrante chega no Canadá, o governo oferece oficinas de capacitação que incluem aulas de francês (no caso de Quebec) e inglês (para todas as províncias), mas além disso, é preciso fazer a validação do diploma e a capacitação profissional para poder exercer a função. Isso leva tempo e requer que a pessoa volte às aulas e tenha boas notas para passar no curso, com as matérias que se fizeram necessárias para concluir a validação do diploma lá.

Nesse meio tempo, as pessoas precisam se sustentar, logo, precisam trabalhar. É importante que fique bem claro que, para pessoas que estão aprendendo a língua, o tipo de trabalho que será mais fácil de conseguir será nos setores de hotelaria, gastronomia, etc.

Depois de um processo de capacitação e adaptação de cerca de 2 anos, ai sim a pessoa estará apta a trabalhar na sua área de formação (salvo exceções que conseguem um pouco antes desse prazo que eu disse).

Espero ter conseguido esclarecer as dúvidas dessas pessoas.

Desculpem por ter partido o sonho de alguns que se iludiam achando que seria fácil simplesmente se mudar para o Canadá e viver no paraíso só porque a vida não anda fácil no Brasil. Para tudo na vida é preciso ter esforço e dedicação. Para os que não tem medo de recomeçar e trabalhar duro, o Canadá é sim uma excelente opção de país para viver.


Continue lendo → http://www.rafacanada.com.br