“La grande séduction” et la voyage en francophonie

La grande séducion

Cartaz do filme "La grande séducion"

Ontem, aproveitamos o convite que recebemos do Bureau du Québec à São Paulo e fomos ver o filme quebequense que participava das comemorações do dia internacional da francofoniaTrata-se do simpático “A grande sedução” (La grande séduction, 2003, Canadá). Por R$5,00, assistimos o filme e ganhamos uma degustação de um crepe com xarope de bordo (o famoso maple syrup), e ainda conseguimos um pedaço de bolo da degustação que acompanhava o filme suíço. Pas mal!

Gostamos bastante do filme, uma comédia sobre um pequeno vilarejo de pescadores quebequenses que, sem peixes suficientes para continuar vivendo da pesca comercial, sobrevivem do seguro-desemprego. Para que o vilarejo da ilha de Saint Marie La Mauderne sobreviva, eles precisam convencer um empresário a montar uma fábrica de potes de plástico na ilha, o que criaria empregos para a população local. Mas, para isso, eles precisam atrair um médico para o povoado. Todos os habitantes, então, se envolvem num plano para que um médico, mandado à contragosto por três meses para a ilha, resolva ficar por lá.

O filme tem cenas muito engraçadas, como por exemplo a encenação de uma partida de críquete, o esporte favorito do médico que chega à ilha. Se você perdeu o crepe com maple syrup, o filme ainda vale a pena.


Arquivado como:Québec Tagged: filme, francofonia

Continue lendo → http://pantoute.wordpress.com