1001 discos para ouvir antes de morrer disponíveis online

discos_doors.jpg

Só clássicos

1001 DISCOS PARA OUVIR ANTES DE MORRER é uma livro que é uma verdadeira bíblia da música, uma coleção com os melhores álbuns dos últimos 60 anos, abrangendo desde as origens do rock ‘n’ roll até as inovações tecnológicas e eletrônicas que invadiram o cenário musical nos anos 2000.

A boa notícia é que agora dá para ouvir na internet os álbuns que estão citados no livro! Do jazz ao punk, do hip- hop ao blues, passando pelos mais diversos estilos.

A seleção foi feita em 2006 por 90 jornalistas e críticos e abrange a história da música de 1955 a 2005, de Frank Sinatra a Arcade Fire. Artistas brasileiros como João Gilberto, Tom Jobim, Caetano Veloso,  Astrud Gilberto, Bebel Gilberto, Mutantes, Chico Buarque, Elis Regina, Jorge Ben Jor e Sepultura também estão presentes.

Para ouvir, basta clicar no CD desejado e aguardar o player no canto superior direito do site. O projeto ainda não está disponível para plataformas móveis. Quem proporciona essa seleção bacana é a Radio3Net. 

Clique no link para acessar: 1001 álbuns para ouvir antes de morrer

É só ir clicando em Load More que vão aparecendo mais capas de discos!

 

O post 1001 discos para ouvir antes de morrer disponíveis online apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br

Villa Crespo é o próximo lançamento do Buenos Guias

Villa_Crespo_0

Villa Crespo é esse ponto rosinha

Desde 2012 que a Amanda Mormito, do BUENOS AIRES PARA CHICAS, e a Mariana Pereira, dona do HOTEL QUERIDO e do Blog MY VILLA CRESPO, se juntaram para fazer uma série de guias sobre Buenos Aires.

De lá para cá já são quatro edições – Buenos Aires Econômica, Romântica, Roteiro Básico e Buenos Aires para Chicas.

A quinta edição deve sair super em breve e será sobre Villa Crespo, bairro onde fica o Querido e que não para de crescer.

Recentemente, a região foi tema de matéria do New York Times. E não é para menos! Está cheia de lojas e cafés bacanas.

Este ano, a Amanda e a Mariana centralizaram a venda dos guias no site BUENOS GUIAS.

Todos os guias preexistentes foram atualizados, reeditados e estão de cara nova, com um layout mais friendly e adaptados para celular e tablets.

Os guias custam R$ 20 e podem ser pagos com cartão de crédito, boleto ou PayPal.

Em breve, estarão disponíveis no site vários outros guias de Buenos Aires. E o próximo passo das chicas é começar a oferecer também guias para outros destinos na Argentina, além de outras capitais da América do Sul e da Europa.

Suerte!

O post Villa Crespo é o próximo lançamento do Buenos Guias apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br

ARGRA: O ano que passou na mostra dos fotógrafos argentinos

LEO VACA     Pcia. de Buenos Aires, abril de 2013

LEO VACA Pcia. de Buenos Aires, abril de 2013

A 25a MUESTRA ANUAL DE FOTOPERIODISMO ARGENTINO, realizada no Palais de Glace, tem novidades!

Pela primeira vez eles estão ocupando os dois pisos do espaço com uma edição das fotos mais representativas de 2013 e com uma mostra específica sobre os 30 Anos de Democracia na Argentina, organizada em parceria com o projeto Memoria en Movimiento.

No total, são mais de 350 imagens selecionadas entre 3.000 fotografias enviadas por fotógrafos de todos o país. Um dos eventos fotográficos mais esperados e bacanas da cidade.

Sugiro que reservem um tempo considerável para visitá-la! São fotos de diferentes categorias: atualidades, esportes, retrato, vida cotidiana, política, natureza, meio ambiente, arte e espetáculos.
ÁNGEL AMAYA - Santa Fe, 6 de agosto de 2013 Explosión por escape masivo de gas derrumbó un edificio completo en la ciudad de Rosario, afectando a otras cientos de viviendas.

ÁNGEL AMAYA – Santa Fe, 6 de agosto de 2013
Explosión por escape masivo de gas derrumbó un edificio completo en la ciudad de Rosario, afectando a otras cientos de viviendas.

Peru

RODRIGO ABD – Perú, 2013 Ayacucho. Eusebio Velasque Quispe llora sobre el cajón de su padre, Edwin Velasque Huaman, asesinado por Sendero Luminoso junto a 17 campesinos en 1988 por supuesta colaboración con el Ejército Peruano

1881-hg-a-giradelpapafrancisco-06

PABLO CUARTEROLO – Brasil, 26 de julio de 2013 El Papa Francisco saluda, desde su Papamóvil, a los miles de fieles reunidos en Copacabana, Río de Janeiro, mientras se dirige a presidir el Vía Crucis, en el marco de las Jornadas Mundiales de la Juventud.

Mostra Anual de Fotoperiodismo Argentino.

Até o dia 17 de agosto, no Palais de Glace, Posadas 1725. De terça a sexta-feira, das 12h às 20h, e sábados e domingos, das 10h às 20h. Entrada grátis.

 

 

O post ARGRA: O ano que passou na mostra dos fotógrafos argentinos apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br

Buenos Aires: viagem curta, o que fazer, aonde ir?

Olá,
Faz um tempão que não escrevo sobre a minha querida Buenos Aires, mas tenho recebido alguns e-mails de pessoas que estarão vindo pela primeira vez e farão viagens curtas, geralmente chegam na quinta ou sexta e voltam ao Brasil no domingo à noite ou na segunda pela manhã.
Aqui vão algumas dicas para desfrutar da cidade.

COMPRAS
Brasileiro adora fazer uma comprinha, mas sinceramente BAs não é mais a cidade para sair gastando. Para quem não sabe a Argentina está sofrendo uma crise econômica violenta, com uma inflação altíssima, os preços saíram do controle. Além disso, o governo proíbe a entrada de produtos importados, o que faz com que produtos de marcas reconhecidas internacionalmente, quando entram, sejam vendidos a preços muito acima do mercado. Outra coisa que essa medida fez foi, já que os produtos internacionais não estão entrando como antes, a indústria da moda nacional tem sido a nossa única opção e ainda não conheci nenhuma mulher brasileira que dissesse gostar da moda argentina. Então, vá se acostumando que provavelmente suas compras sejam mais de botas, bolsas e talvez acessórios. Já para os amantes da moda clássica e os homens as compras continuam de pé, afinal como aqui todos usam algumas marcas como Lacoster, Dior, etc, no cotidiano e elas realmente são populares (nunca vi ninguém usando uma camisa falsificada), os preços, apesar de altos continuam atrativos para os brasileiros, mas também precisa ficar esperto já que podem estar com coleções ultrapassadas, pois elas também sofrem com as proibições.

COM O QUÊ VAI GASTAR MAIS?

Com a boa vida que a cidade pode oferecer! Cafés e restaurantes e passeios.
Apesar dos aumento dos preços, ainda é econômico comer em BAs e restaurantes e cafés estão por todos os lados. Em todas as ruas da capital tem pelo menos um restaurante e um café. Eles são charmosos, com boas opções e quantidade.
Em qual você deve ir? Qual é o melhor?
Brasileiro adora fazer essa última pergunta e não conheço uma só pessoa, argentino ou não que possa respondê-la. É uma resposta difícil, muito difícil. Temos o costume de ir a todos! Restaurantes caros, baratos, com ambiente legal, para comer carne, para comer massas, nos bodegones, vai encontrar pessoas de diversas classes sociais em todos eles, porque a comida é sempre muito boa.
Agora lembrei de algo, muitos gostam de perguntar também qual a melhor carne. O corte das carnes argentinas é muito diferente do corte das carnes brasileiras, mas em geral elas estão sempre macias e o sabor é ótimo, tanto que aqui não existe isso de paliteiros na mesa (ainda bem! mas onde dá muito brasileiro já é possível encontrar, afinal brasileiro adora um palitinho). Se você não gosta de comer osso, não peça costela, se não gosta de comer gordura, apenas pergunte qual corte tem menos grasa (gordura) e aproveite para saborear.
Outra coisa, aqui é outro país. Parece óbvio, mas é um dado importantíssimo! Com isso quero dizer que cada país tem sua cultura culinária, assim  nada de ficar aborrecido porque não tem arroz e feijão! Você sai da sua casa e paga caro num restaurante para comer um prato de arroz e feijão? Acho que não né! Então, isso vale aqui também. É um país frio, passamos 7 meses com o clima entre fresco e frio, portanto a comida é voltada para essa realidade, por isso tanto carboidrato: massas, batatas, etc. As batatas fritas aqui estão sempre sequinhas, então pode comer sem culpa e se não quiser, peça salada. As saladas aqui são enormes!
Hás regiões com concentrações de muito bons restaurantes na cidade: Puerto Madero, Las Cañitas, Palermo Soho e San Telmo.
Uma grande vantagem é que os restaurantes deixam os menus na porta, assim todos podemos conferir os pratos e os preços.
Dica importate: por causa da inflação muitos lugares aceitam apenas dinheiro. Portanto, sempre pergunte antes de pedir se aceitam cartões.

CAFÉS PORTENHOS.
Já os cafés são um prazer à parte, somente em Paris encontramos tanta oferta de lugares modernos, charmosos, clássicos...para sentar e curtir o momento. 
Há desde os clássicos como o Tortoni e a Confitería Ideal, como outros muitos mais charmosos para sentar e tomar um café da manhã ou uma chá da tarde como o Las Violetas (Av.Rivadavia) e o El Gato Negro (Av.Corrientes). Há os mais modernos como o Havanna, o Tea Connection, Tienda del Café, os franceses como Coco, Oui, Oui, etc. 
O importante é entrar sem medo nestes lugares super charmosos e convidativos e pedir uma café, um chocolate, uma porção de bolo, churros ou tortas. Só cuidado com as tortas, seja doce ou salgada, elas sempre são enormes!

BARES, PUBS, BOATES

Para os que querem se aventurar na noite portenha há um leque muito grande de opções.
Aqui temos muito o costume de irmos a bares para conversar e beber com amigos.
Temos três bairros que não tem erro: San Telmo, Palermo (Plaza Serrano) e Almagro (Abasto). Se ir a qualquer um destes bairros terá diversão noturna garantida.
Há muitos pubs na cidade também, os mais frequentados são Il Gibraltar en San Telmo, Kilkeny (Centro), Shamrock (Recoleta).
Há muitos bares com cara de pub, principalmente em San Telmo, que são os meus preferidos, como Krakow, Antares, na calle Venezuela, Puerta Roja, na calle Peru.
Em Palermo, basta ir para a Plaza Serrano, em torno da praça estão vários bares, de todos os gostos e preços. 
Durante a semana, no centro da cidade, na calle Reconquista estão vários bares e pubs, sempre cheios, onde o pessoal que sai do trabalho fica para refrescar um pouco a garganta. 
O Million, na Recoleta, também é um lugar bastante famoso para alguns.
E para quem gosta de dançar são muitas as opções. Se está pela Plaza Serrano, é só ir caminhando até a calle Niceto Vega e escolher. São discotecas (aqui chamamos boliches) uma ao lado da outra. Basta olhar o público que está na porta, escolher o que melhor gostar e entrar.
Em San Telmo, temos Rei Castro e há também boas e seletas opções na Costanera Norte, perto do aeroparque.
O Boteco do Brasil (Palermo) também é um lugar que está de moda no momento.
Sugiro entrar na net e procurar sobre a música e as opiniões, já que dependendo do lugar da moda, muitos vão para lá.
Para ir durante a semana, também temos os after-offices (o happy hour). Os mais populares no momento são Godoy (Palermo e muito caro), Terrazas (Costanera Norte), Liquid (Palermo), Shamrock (Recoleta) e os bares da calle Reconquista.

TEATROS
Se você tem um bom espanhol e quer treinar, aconselho a aproveitar as inúmeras opções da Av.Corrientes. São muitos teatros com peças, stand up, musicais tipo broadway, etc. Mas, como disse, vá se estiver com o espanhol afinado, senão será jogar dinheiro fora, porque além do idioma, há inúmeras referências.
Outra opção é ir ao cinema. Nos cinemas e nas salas de cinema do centro tem opções de blockbuster, na Av.Corrientes há cinemas que passam filmes europeus e no Congresso, tem o espaço Incaa, com filmes nacionais (aqui são todos sem legendas, puro espanhol e castelhano) a preços populares.

PASSEIOS DIURNOS
Buenos Aires é uma cidade muito linda e charmosa. Merece ser aproveitada. Se você tem apenas 3 dias, chegando na sexta a minha dica é no dia que chegar sair para sentir a cidade. O transporte público o deixa em qualquer lugar da cidade, bem como o subte (metrô) e há zilhões de táxis, e apesar de tudo isso, é uma cidade compacta onde pode-se caminhar muito e sem cansar, afinal é completamente plana.
Se chegar antes do meio dia, pode caminhar um pouco, almoçar pelo centro, dar uma olhada nas lojas e à noite ir a algum show de tango.
No sábado, pode sair para conhecer a cidade por conta própria ou pegar esse ônibus de turismo que faz o passeio pela cidade ali na Av.de Mayo com a calle Florida. Caso pegue esse ônibus, depois dele e de almoçar recomendaria fazer as compras que quiser e ir caminhar pelo rio e jantar em Puerto Madero e por que não ir até o Cassino que está ali no final do caminho?
E no domingo, nada melhor que aproveitar uma das inúmeras feiras da cidade. As mais famosas são Feira de San Telmo, Feira de San Isidro, Feira na Plaza Francia e a de Mataderos. Todas diferentes e com muito do ar portenho. Boas para comprar ou simplesmente para passar um bom tempo.

Caso não goste muito de pegar ônibus turísticos, como eu, e sair descobrindo a cidade sozinho/a, recomendo no sábado ir diretamente para a Plaza de Mayo e aí conhecer o Cabildo, a Catedral e a Casa Rosada. Daí pode pegar um ônibus (64) e ir para La Boca, conhecer Caminito, o estádio do Boca Junior, La Bombonera, almoçar por aí ou como é muito turístico e caro, pode pegar um ônibus e ir para os Bosques de Palermo (grátis) e aí passear pelo Rosedal (grátis) e pelo Jardim Japonês (entre 16 e 20 pesos) e almoçar ali pela Plaza Itália e depois conhecer o Jardim Botânico (grátis). Caso não queira descansar muito, pode daí ir até o Shopping Alto Palermo e depois voltar para descansar e à noite ir para Puerto Madero. Ou fazer o contrário. Quando terminar La Boca, pegar um ônibus, descer em Puerto Madero, caminhar, tirar fotos, almoçar e daí ir para Palermo.
No domingo, continuo deixando qualquer uma das feiras, quem acompanha meu blog saber que eu simplesmente adoro a Feira de Mataderos.
E se não gostar de feiras e quiser aproveitar mais da cidade? Primeiro, poderá fazer o roteiro acima de forma muito mais tranquila e dividir entre sábado e domingo.
Pode também passar o dia em Tigre, que fica no rio e de trem está a 1h da capital. Aqui pode descer na estação San Isidro e conhecer essa linda cidade e depois voltar e seguir para Tigre. Aí não tem muitas atrações. É mais passear pela cidade, ir no Mercado de Frutos (que frutos quase não tem, mas sim artesanato e artigos decorativos para casa) e fazer um passeio de barco. Perto do rio tem ótimos lugares para almoçar. Se estiver com crianças ou amigos jovens pode ir no Parque de La Costa também, (ele abre depois das 12h). E em Tigre também está o maior Cassino de Buenos Aires.
Caso não queira estar perto do rio, pode fazer outro passeio que também está a 1h30 da capital e conhecer a cidade de La Plata. É uma linda cidade, com um Museu Natural muito interessante, lagos, bosques e uma catedral belíssima.
Outra opção também à mesma distância é Lujan. Aí está a catedral da padroeira do país (Virgem de Lujan) e o zoológico onde podemos entrar na jaula dos tigres e leões (150 pesos).

TRANSPORTE
Bem, os preços atuais (julho de 2014) são:
Ônibus: sem a sube, que é o nosso cartão, são 5$ em moedas, o trajeto mais curto! Então, a melhor alternativa é usar o subte.
Subte: 5$ e pode comprar bilhetes de 10 viagens, pelo mesmo valor. Não tem desconto.
Táxis: subiu muito o valor, mas umas 5 quadras sai por volta de 20 a 30$, durante o dia, após às 18h a corrida é a partir de 12,10$.

Bem, acho que consegui fazer um apanhado beeeeemmmm geral. Qualquer dúvida é só escrever.
Saludos.

Continue lendo → http://inadeliveira.blogspot.com

50 cafés de Buenos Aires mapeados pelo Café Contado

Já falei aqui no blog desse site chamado CAFÉ CONTADO, que fala somente dos cafés de Buenos Aires. Ele é feito por Carlos Cantini, gestor cultural, escritor e roteirista – e um apaixonado pelo Café Margot, de Boedo.

“En Cafés estudié, leí, escribí, me divorcié y me volví a enamorar. El Café es un ambiente más de nuestra casa que es Buenos Aires. Ningún porteño se siente extraño en un Café. Están cargados de información que nos resulta familiar y abraza. Por eso los visito. Y lo cuento”.

A última do CAFÉ CONTADO foi mapear 50 cafés do Buenos Aires no Google – parece que é a tendência do momento. É só clicar na xícara!

http://cafecontado.com/2014/06/30/los-primeros-50-cafes-contados/


Ver Café Contado en un mapa ampliado

 

Aproveitem para conferir AQUI toda a programação dos CAFES NOTABLES para este finalzinho de julho e início de agosto.

O post 50 cafés de Buenos Aires mapeados pelo Café Contado apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br