HOTEL PANAMERICANO – BARILOCHE

Mas uma da série “Conhecendo a Patagônia“. Outra excelente dica, que conheci graças a BrandPR Argentina: Hotel Panamericano Bariloche. Um hotel grande, de rede, mas que, sem dúvidas, eu amei me hospedar. O Panamericano fica bem no comecinho da cidade, final da Av. Bustillo. Facilita muito estar dentro da cidade, porque pode-se ir a todos …

Continue lendo → http://buenosaires-parabrasileiros.com

.:. Orlando, Disney .:.

Você viajar 400km, de Miami para Orlando achando que irá conhecer a Disney... isso não é para qualquer um ... rsrsrs...

Pois é, fomos no Magic Kingdom... para andar em 2 atrações: o "Dumbo" e o "carrossel" ... rsrs... acho que sairia mais barato ter ido em algum "parquinho" na praia ... mas tá valendo...

Abaixo algumas fotos:
















Continue lendo → http://www.lullao.com

Test-drive: Buenos Aires em scooter ecológica

Depois de explorar Buenos Aires a pé, em bici, em Citroen e até com o ônibus de turismo, sábado descobrimos um jeito novo de andar por aí: com a Green Scooter, a scooter ecológica.  

green scooter_scooter verde

Vem com a gente!

 

Como são as scooters

scooter ecologicca_green scooter

Uma delícia!

A Green Scooter é uma motinho perfeita para turistas ou para as pessoas que moram aqui e não têm carro, como a gente, mas que às vezes querem dar uma banda por aí.

Fizemos um test-drive de 24 horas e foi uma delícia!

As scooters são super fáceis de dirigir, não possuem marcha (é acelerar e frear, como nas bicis) e não são pesadas.

A velocidade máxima é de 60 km – embora com duas pessoas o recomendável é ficar entre os 30-40km por hora.

scooter ecologia_scooter verde

O Edu já ficou cheio de ideias…

Ou seja, é uma motinho para contemplar a cidade e não para sair voando por aí. Eu, que sou tamanho mini, a dirigi numa boa.

E o melhor: é super silenciosa.

Como é o “combustível”

As motos suportam 160 kg e são elétricas, movidas a duas baterias. Estas baterias são recarregáveis em tomadas comuns, como se fossem um celular (o custo estimado da carga é de 40 centavos).

Com um porém: elas são meio pesadas! São de Ácido em Gel e pesam 18 kilos cada uma.

Se você não tiver uma extensão para deixá-las na moto e carregar direto, vai ter que tirá-las de dentro da scooter,  o que meio complicadinho.

No caso do aluguel por 24h, além de ter que se preocupar com recarga das baterias, você vai ter que pagar o aluguel da garagem.

 

Como uma carga dura o equivalente a 35 km (uma pessoa) ou 30km (duas), aconselho o aluguel por três ou quatro horas, que dá para fazer bastante coisa sem ter que se preocupar com a carga. É um tempo bacana para conhecer a cidade, com parada para café ou piquenique. 

 

scooter ecologia_green scooter

Dia perfeito: sombrinha + leituras no parque

scooter ecologica_green scooter

Acompanhado de piquenique!

 

 

 

Quanto custa

O aluguel custa 290 pesos por duas horas, 340 pesos (3 horas), 390 pesos (4 horas) ou 490 pesos por 24 horas. Resumindo, um pouco mais de 100 reais a diária.  O valor inclui capacete, quilometragem ilimitada e seguro contra roubo, acidentes e danos a terceiros. Eles cobram 60 pesos pelo capacete extra.

Quem pode alugar

Para alugar,  basta ser maior de 21 anos, ter  cartão de crédito, DNI ou passaporte. Não precisa ter carteira de motorista.

Importante: não dá para levar menor de idade na carona!

Os detalhes estão também na página deles no Facebook. 

 

Serviço:

De segunda a Domingo, das 10h30 – 18h30
Soler 4717, Palermo, Buenos Aires, Argentina
Tel. (+5411) 6091-9060
info@thegreenscooter.net

O post Test-drive: Buenos Aires em scooter ecológica apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br

EXPANISH – RELEMBRANDO

Já escrevi sobre a Expanish neste post AQUI. Mas achei que, agora que começa o ano e muita gente vem pra Baires estudar espanhol, era um bom momento de relembrar a qualidade da escola. Excelentes professores, ambiente nota dez, além da possibilidade de conhecer gente de todas as partes do mundo. O curso oferece certificado …

Continue lendo → http://buenosaires-parabrasileiros.com

Warld Cup: o Lado B da Copa por diferentes fotógrafos

Warl Cup_Foto Tercio Teixeira

© Tércio Teixeira / R.U.A Foto Coletivo (Brazil)

 

Warld Cup é um jogo de palavras entre War (guerra) + World (mundo) e também o resultado de um trabalho coletivo que reuniu mais de 30 fotógrafos, de diferentes nacionalidades, para mostrar o lado B da Copa do Mundo realizada no Brasil, no ano passado.

Depois de passar pelo Rio de Janeiro, a exposição chega a Buenos Aires. A  mostra está no Centro Cultural de la Cooperación.

A iniciativa é do franco-argentino Sebastián Gil Miranda, em parceria com o brasileiro Dinho Moreira e os franceses Elsa Brugière e Thomas Belet.

O futebol na cultura e nas comunidades, o contexto, as consequências econômicas e sociais escondidas no show business, a corrupção, as manifestções contra a Copa, a repressão policial e a expropriação de terras para as obras do campeonato são alguns dos temas retratados em imagens.

Abaixo, algumas fotos que fazem parte da mostra. A imagem de abertura é de Sebastian Gil Miranda.

Warold Cup_© David Bert Joris Dhert (Belgium)

© David Bert Joris Dhert (Belgium)

Warld Cup_© Thiago Dezan / Midia Ninja (Brazil)

© Thiago Dezan / Midia Ninja (Brazil)

Warld Cup_© Alessandro Falco (Italy)

© Alessandro Falco (Italy)

Warld Cup_© Steef Fleur (Holland)

© Steef Fleur (Holland)

O post Warld Cup: o Lado B da Copa por diferentes fotógrafos apareceu primeiro em Buenos Aires: Aquí me quedo.


Continue lendo → http://aquimequedo.com.br